Como manter o foco no trabalho nos últimos dias úteis do ano

A semana entre o Natal e o Ano Novo pode ser uma dureza... Mas especialistas dão 10 dicas que vão facilitar muito sua vida!

Quando o Natal e o Ano Novo caem em dias de semana, o intervalo de dias úteis entre as datas pode ser seguido, como neste ano (vai de terça a sexta), ou ficar meio picotado (se caírem na terça, por exemplo, os dias úteis serão segunda, quarta, quinta e sexta). De toda forma, são dias de um misto de lembranças da festa que passou e expectativa pela que está por vir.

Também são dias em que a produtividade pode ficar muito ameaçada, especialmente no trabalho. É muito assuntinho sobre o que rolou no Natal para comentar e pelo menos algum planejamento para a festa de Réveillon a ser feito. Só que tarefas, prazos e reuniões continuam valendo, e na semana seguinte tudo volta ao normal. Bobear nesse meio-tempo pode ter implicações bem chatas no começo do próximo ano.

Para lhe ajudar a manter o foco nos últimos dias úteis do ano, trazemos aqui 10 dicas fáceis dadas por especialistas, que você pode adotar agora mesmo. Aproveite!

Liste suas tarefas da semana por escrito

Ver, em uma folha de papel ou em um arquivo no computador ou no celular, tudo que você tem que resolver na semana dá uma dimensão muito boa de que não é aconselhável enrolar muito no trabalho entre o Natal e o Ano Novo. Coloque todas as tarefas nesta lista, por menores ou mais simples que elas possam ser ou parecer.

 (dragana991/Thinkstock)

Organize suas tarefas nesta lista por ordem de urgência e de facilidade

Este é um trabalho em dois tempos.

Primeiro, separe as tarefas em duas categorias: as mais urgentes, que não podem de jeito nenhum ficar para a semana que vem (também conhecida como começo de 2018) e as que tenham prioridade média ou baixa.

Em seguida, reorganize cada uma das colunas em ordem crescente de dificuldade para resolver as tarefas – ou seja, primeiro as mais fáceis, depois as médias e, por fim, as mais difíceis.

Resolva tarefas simples antes de partir para as mais trabalhosas

Antes de encarar uma tarefa mais pesada e trabalhosa, resolva uma ou duas mais simples. Vê-las riscadas das suas listas dará uma sensação de poder e produtividade que lhe motivará a ir adiante com mais ânimo.

Saiba dizer “não” (ou “não agora”) a pedidos que não sejam urgentes

Se um colega ou mesmo chefe inventar tarefas de última hora que não sejam urgentes, converse e exponha que assumi-las prejudicará o planejamento da semana e, potencialmente, o começo do ano. Saiba dizer “não” ou, pelo menos, “não agora”

Claro que aqui você precisa ter muito tato: não é fácil dar uma negativa desse tipo para um chefe. Se você notar que isso poderá lhe prejudicar, explique com calma as implicações que você vê em assumir tais tarefas repentinas e, se houver insistência, peça que ele indique quais tarefas da semana – as que estão nas suas listas organizadas anteriormente – podem ser jogadas para a frente para que você possa atender ao pedido.

Cuide de assuntos pessoais em intervalos ao longo do dia

Intercale períodos de uma hora ou uma hora e meia de trabalho com intervalos de 10 a 15 minutos de descanso/cafezinho/assuntos pessoais. Sabendo que haverá esse tempo de respiro, você conseguirá se dedicar completamente ao trabalho nos momentos definidos, sem se distrair.

Além disso, os intervalos são necessários para você conseguir refrescar a mente e continuar mantendo o foco no trabalho na sequência.

Fique longe de redes sociais e apps nos períodos de trabalho

É nos intervalos de 10 a 15 minutos de descanso que você entrará em Facebook, Instagram,  Whatsapp, Twitter, Snapchat etc. Eles são “ladrões de tempo” e não ajudam em nada na produtividade. Lembre-se: a semana é curta.

 (gpointstudio/Thinkstock)

Use o alarme do celular

Não confie só no relógio do computador ou do pulso: marque os períodos de trabalho e os intervalos no alarme do celular. Quando ele tocar, respeite e ou pare o trabalho para aliviar a cabeça (e voltar melhor na sequência) ou encerre o intervalo, mesmo que tenha ficado faltando uma ligaçãozinha ou uma resposta no Whats – elas ficam para a próxima pausa.

Deixe o trabalho no trabalho

Não leve trabalho para casa nesta semana. Resolva tudo que for possível no escritório, mesmo que fique uns minutos ou horas a mais por dia, e dedique as horas livres para resolver as questões pessoais – que, assim, não precisarão tomar tempo dos seus intervalos no dia seguinte.

Não permita que colegas atrapalhem seu fluxo de trabalho

De novo, com muito tato, para não criar climão à toa.

Você pode estar toda organizada e determinada, mas o/a colega ao lado, não. E essa pessoa pode querer bater papo nos seus períodos de trabalho, mostrar fotos, essas coisas. Com muito jeitinho, explique que você está super focada para fazer a semana render e encerrar o ano bem. E que vocês podem bater papo no seu próximo intervalo, que será dali a alguns minutos.

Alimente-se bem

Pode parecer bobagem, mas não é. Alimentar-se bem é imprescindível para conseguir produzir bem. Então, por volta de meio-dia ou 13h, seu intervalo não será apenas de 10 ou 15 minutos, mas de uma hora. E ali pelas 15h ou 16h, faça um intervalo de 20 a 30 minutos para um lanche da tarde. Você voltará revigorada para sua mesa e não correrá o risco de ficar doente por causa do trabalho.

 

Fontes: Allessandra Canuto (especialista em gestão estratégica de conflitos e negociação, facilitação e treinamento para potencializar negócios, palestrante da AlleaoLado), Alexandre Slivnik (especialista em gestão de pessoas, excelência e atendimento pela Harvard e diretor da ABTD – Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento) e Elaine Di Sarno (psicóloga e neuropsicóloga, especialista em terapia cognitivo-comportamental pela USP)